Arquivo Ana Lagôa

O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player



O que é o AAL

Dez anos do Arquivo de Política Militar da UFSCar

O Arquivo Ana Lagôa, do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de São Carlos, completou dez anos em 2006. Criado em agosto de 1996, a partir de doação da jornalista Ana Mascia Lagôa, o AAL quadruplicou seu acervo desde então. A doação original constituiu-se de cerca de 10 mil recortes de jornais da época da ditadura militar, além de 400 livros, 400 fascículos de períódicos, monografias, documentos e 6 mil laudas de matérias de autoria da jornalista, quando setorista da área militar da Folha de S. Paulo, em Brasília, na segunda metade dos anos 70, periódo da abertura política do regime. A organização inicial ficou a cargo dos professores Carlos Massao Hayashi e Maria Cristina Innocentini Hayashi do Departamento de Biblioteconomia da UFSCar. A partir daí, o AAL passou a incorporar material não apenas sobre o regime militar, mas sobre assuntos estratégicos e militares em geral. Nestes dez anos, o AAL absorveu todo o material relacionado às atividades do Grupo de Pesquisa "Forças Armadas e Política" do PPGCSo-UFSCar, principalmente as pesquisas voltadas para a análise da evolução das Forças Armadas brasileiras no pós-guerra fria. Além disso, o professor Shiguenoli Miyamoto, da Unicamp, doou ao AAL parte de sua biblioteca pessoal, totalizando 600 volumes, entre livros e periódicos, incluindo material valioso sobre legislação, pronunciamentos presidenciais e periódicos da Escola Superior de Guerra. Os professores  Eliezer Rizzo de Oliveira e Samuel Alves Soares doaram também centenas de livros e periódicos. Com esses acréscimos, o Arquivo Ana Lagôa conta hoje com cerca de 1600 livros, 20 mil recortes de jornal, cerca de 2 mil  fascículos de periódicos, além de centenas de documentos, incluindo extensas coleções de periódicos como A Defesa Nacional, Revista Marítima Brasileira e Tecnologia & Defesa. Todos os periódicos militares tiveram seu conteúdo catalogado, num total de 1600 artigos e para 2007 está prevista a disponibilização de busca e pesquisa de parte do acervo na página do arquivo na Internet. Na sua primeira década de existência o AAL recebeu apoio da UFSCar, FAPESP, CNPq e CAPES e forneceu apoio direto para a defesa de dez dissertações de Mestrado e uma tese de Doutorado, junto ao Programa de Pós-Graduação  em Ciências Sociais da UFSCar. Atualmente, o AAL integra, juntamente com o CPDOC-FGV e a UFPA (Universidade Federal do Pará), o Consórcio "Forças Armadas Século XXI", no âmbito do Programa Pró-Defesa, patrocinado pela CAPES e pelo Ministério da Defesa. A comemoaração do aniversário de dez anos do AAL será realizada no ano de 2007, quando o arquivo inaugurará suas novas instalações, no prédio do Centro de Educação e Ciências Humanas, no campus da UFSCar em São Carlos.



Estratégia Nacional de Defesa

Brazilian National Strategy of DefenseEstrategia Nacional de Defensa de BrasilStratégie Nationale de Défense de Brésil




Grupo de Trabalho Araguaia